Foi inaugurado no dia 14/05/2015, nas dependências da Universidade do Estado de Mato Grosso, campus de Tangará da Serra, o Laboratório de Cultura de Tecidos Vegetais. A inauguração faz parte do cronograma de festividades em comemoração ao 39º aniversário da cidade.

O laboratório faz parte do projeto Transferência de Tecnologias de Produção em Fruticultura que visa o fortalecimento da agricultura familiar no município. De acordo com o coordenador do projeto e professor da Unemat, Doutor Willian Krause, o projeto foi desenvolvido a partir de uma parceria entre a Unemat e a secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento do município.

“O laboratório foi montado com recursos de projetos de pesquisa, recursos próprios da Unemat, e a maior parte foi investido pela prefeitura para a compra de equipamentos, reagentes e vidrarias”, disse o coordenador, destacando que esta é a segunda fase de implantação do projeto, sendo que, na primeira fase foi a implantação da unidade demonstrativa com diversas fruteiras, a qual foi utilizada para a realização do Dia de Campo para a capacitação de produtores rurais de Tangará e região.

“Esta capacitação aconteceu ao longo de 10 meses, em que os participantes vinham até a universidade, na unidade demonstrativa e via na prática como podemos aplicar teorias que podem minimizar percas na produção, favorecendo assim, o desenvolvimento econômico sustentável da agricultura Familiar”, explicou Krause, destacando que houve um total de 408 participantes. Destes, 46% foram produtores rurais, 40% profissionais técnicos e 14% estudantes. 68% eram do sexo masculino e 32% feminino. Houve a participação de produtores de nove municípios, sendo a maior participação de Tangará da Serra com 54%, Barra do Bugres com 27% e Campo novo dos Parecis com 14%.

No laboratório estão sendo produzidas mudas de banana e abacaxi via cultura de tecidos livres de pragas e doenças para serem repassadas ao viveiro da secretaria municipal que fará a distribuição das mudas para os produtores. “Esta parceria é de fundamental importância para o município, estamos criando um banco genético com cultivares adequados para nossa região”, disse Ander Santos, secretário de Agricultura, destacando que a expectativa é que sejam repassadas anualmente cerca de 2 mil mudas de banana e 10 mil mudas de abacaxi.