O CURSO DE AGRONOMIA

Engenheiro Agrônomo

O que faz um Engenheiro Agrônomo?

O Engenheiro Agrônomo atua em todas as etapas do agronegócio – do preparo do solo ou da criação de rebanhos à comercialização da produção. Ele planeja, organiza e acompanha o preparo e o cultivo do solo, o manejo pragas, doenças e plantas daninhas, a colheita, o armazenamento e a comercialização da produção. Cuida da alimentação, do manejo reprodutivo, da saúde preventiva de animais. Também gerencia a industrialização, o armazenamento e a comercialização de alimentos de origem animal e vegetal.

O que estuda?

Os dois primeiros anos mesclam matérias das áreas de Ciências Biológicas e Exatas, como Citologia, Genética, Bioquímica, Matemática, Cálculo e Estatística. Nos três anos seguintes, os alunos cursam as disciplinas profissionalizantes, nas áreas de Ciência do Solo, Engenharia Agrícola, Fitotecnia, Zootecnia, Economia e Extensão Rural. Boa parte da carga horária é dedicada a aulas práticas em laboratórios e visitas técnicas. O estágio é obrigatório, assim como o trabalho de conclusão de curso.

Campo Experimental
Áreas da Agronomia

Área de atuação / Mercado de trabalho

O Engenheiro Agrônomo possui um amplo leque de oportunidades de trabalho, podendo atuar como consultor, representante comercial, pesquisador, gerente, professor, extensionista, laboratorista, fiscal, entre muitas outros.

De acordo com o artigo 5º da Resolução nº 1.010, de 2005 – Confea, são atribuições do Engenheiro Agrônomo:

  • Gestão, supervisão, coordenação, orientação técnica;
  • Coleta de dados, estudo, planejamento, projeto, especificação;
  • Estudo de viabilidade técnico-econômica e ambiental;
  • Assistência, assessoria, consultoria;
  • Direção de obra ou serviço técnico;
  • Vistoria, perícia, avaliação, laudo, parecer técnico, auditoria;
  • Desempenho de cargo ou função técnica;
  • Treinamento, ensino, pesquisa, experimentação, divulgação, extensão;
  • Elaboração de orçamento;
  • Padronização, mensuração, controle de qualidade;
  • Execução de obra ou serviço técnico;
  • Fiscalização de obra ou serviço técnico;
  • Produção técnica e especializada;
  • Condução de serviço técnico;
  • Condução de equipe de instalação, operação, reparo ou manutenção;
  • Execução de instalação, operação, reparo ou manutenção;
  • Operação, manutenção de equipamento ou instalação; e
  • Execução de desenho técnico.
Página do Curso
Dúvidas
Estude na Unemat
Corpo Docente
Matriz Curricular
Downloads
Notícias
Eventos